sábado, 28 de julho de 2007

Revoluções por minuto

Para o marido, não passava de uma nova maquiagem, um novo gasto inútil de dinheiro.
Para ela, era um recomeço. Bastava mudar as cores de algumas linhas do rosto para voltar a se achar bonita, chamar a atenção, conseguir um novo emprego, ficar bem consigo mesma, melhorar o salário, juntar um pouco de dinheiro, fazer uma nova viagem de lua-de-mel, reaquecer o casamento, matricular o filho numa escola de esporte, deixar a casa mais bonita e todos felizes.
Mas para tudo isso aquela blusinha nova também ajudaria bastante.

Um comentário:

Ana Paula disse...

Oi! Vou estear a lista de comentários. Que o novo blog seja ainda melhor que o antigo. beijos